.:Projeto social para deficientes visuais pede doações

Peças de bicicletas adaptadas foram roubadas na semana passada.
Grupo tem passeio para Pirenópolis (GO) agendado para sábado (20).

O depósito de um projeto social que auxilia deficientes visuais em Brasília foi assaltado na semana passada. O grupo acredita que os ladrões pularam o teto da biblioteca do espaço, que fica no Jardim Botânico, e arrombaram uma grade para levar itens como bancos, rodas e freios de bicicletas.

Os voluntários que coordenam o projeto estimam que 17 bicicletas estão sem condições de uso. Eles acreditam que os ladrões conheciam o projeto, porque levaram peças caras e usaram uma ferramenta no desmonte.

Desde 2004, ciclistas voluntários formam duplas com deficientes visuais na prática do esporte. As bicicletas adaptadas foram compradas com dinheiro de doações. “Para quem enxerga é fácil pegar uma bicicleta e andar por aí. A gente precisa de alguém”, afirmou a massoterapeuta Mariane dos Santos em entrevista ao DFTV.

Os voluntários pedem doações para consertar o maior número possível de bicicletas até sábado (20), quando o grupo tem um passeio ciclístico entre Brasília e Pirenopólis agendado.

"A gente não quer deixar que o projeto pare ou morra. Os deficientes visuais esperam esse momento. A gente está querendo reconstruir, já recebemos algumas doações. Estamos remontando o que pode ser possível, mas ainda é um recomeço", disse a educadora ambiental e voluntária Aurelice Vasconcelos. Saiba como ajudar o projeto pelo telefone 9858-4545.

Comente este artigo...