.:Acerte na escolha da sua bike MTB

6 dicas para que sua bicicleta de mountain bike seja uma boa companheira nas trilhas

Antes de economizar nos componentes da bike, leve em consideração o tempo de uso que ela terá e o fato de que investir corretamente em algumas peças-chave vai garantir mais prazer e menos sofrimento na hora de encarar o pedal.

Veja alguns cuidados para deixar sua bike de mountain bike (MTB) ainda mais segura e completa:

1) Procure peças confiáveis não hesite em investir um pouco mais para ter mais durabilidade e precisão. Por mais que as peças sejam atrativas, não as deixe esconder um mau quadro. Elas podem ser trocadas, já que o quadro requer mais investimento, pois costuma ser a peça mais cara.

2) Olhe tudo e dê atenção às rodas (peso, tipo de aros e raios, qualidade dos cubos). Em relação ao garfo, prefira modelos com apenas uma mola e elastômero.

3) Veja a pedivela e o movimento central – encaixes do tipo Octalink entre os dois são os melhores do que os quadrados, tradicionais. Ainda melhor é um sistema de eixo integrado, mais rígido e, em alguns modelos, mais leve.

4) Um bom selim pode ser a diferença entre o céu e o inferno. Certifique-se de que a loja possa trocá-lo caso não a adapte. Sentir muito incômodo toda vez que pedala é sinal de algo errado: ou com o selim ou com a posição de pedalar. Nessas horas, um bom bike fit também pode fazer milagres.

5) Freios a disco hidráulico são bem vantajosos em relação aos VBrakes para quem realmente vai encarar trilhas.

6) Leve sempre para as trilhas um kit básico de reparos contendo câmara de ar, bomba, chave de corrente, canivete com chave Allen (chave multiuso) e remendo.

Matéria publicada na revista VO2Max número 60, setembro de 2010

Comente este artigo...