.:Controle a gula

Final de ano. Comidas saborosas e calóricas. Saiba como controlar o excesso e entrar em 2011 em forma (ou quase)
Por Tadeu Matsunaga

Não bastasse a famosa ceia de Natal, as festividades e a espera pela chegada de um novo ano reservam pratos coloridos e saborosos. Convenhamos resistir às tentações e a gula não é tarefa fácil. Mas o que fazer para reduzir o prejuízo?

Um pouco de cuidado, e principalmente controle, pode ajudá-lo a priorizar nutrientes mais saudáveis ao organismo sem deixar que o sacrifício de todo um ano seja jogado fora.

Em conversa com o Prólogo, a nutricionista Alessandra Coelho reforçou alguns cuidados a serem tomados neste final de 2010. Os atletas devem ficar atentos as mudanças bruscas na alimentação, que podem gerar prejuízos ao organismo e desempenho do ciclista.

“É importante manter a alimentação habitual afim de atender a necessidade calórica e de nutrientes para que o rendimento durante os treinos não seja prejudicado. Nesta época de festas, as refeições apresentam grande quantidade de carboidratos e gorduras. Portanto, é preciso estar atento com aquilo que é consumido”

Os apaixonados pela bicicleta, no entanto, não precisam fechar a boca, controlar a gula e simplesmente se privar da “comilança”. Um bom controle, principalmente em torno dos pratos calóricos já pode significar uma grande vantagem durante as festividades.

“Consumir todos os alimentos com moderação e montar um prato equilibrado de acordo com as opções que estiverem disponíveis. Esse é o segredo. Outra orientação importante é priorizar uma alimentação bem equilibrada ao longo do dia, para que seja possível incluir alimentos que nem sempre estão presentes na rotina habitual”, salientou a especialista.

“Neste período há diversos alimentos ricos em carboidratos (arroz, farofas, doces em geral) além de gorduras e bebidas alcoólicas. Orienta-se evitar excesso destes alimentos, pois a oferta inadequada de nutrientes pode prejudicar o rendimento durante os treinos.”

Abra o olho com os líquidos

O consumo de bebidas alcoólicas sempre torna-se um tema polêmico, ainda mais em épocas que envolvem festas e divertimento. O ideal é não consumi-las, já que podem causar dependência e colocar a saúde em risco, além de influenciar em uma sequência de treinos.

Sobrecarregar o organismo é um risco e tanto, que em um primeiro instante não será identificado, mas no futuro irá provocar diferenças sobre a performance do atleta.

“A bebida alcoólica sempre prejudica o rendimento nos treinos, por isso evite seu consumo. Sobrecarregar o metabolismo provoca desgaste, que num primeiro momento não será identificado, mas pode ocasionar uma queda de rendimento considerável”, encerrou a nutricionista.

Dicas de final de ano

-dê preferência às carnes magras, como o peru, o chester e o frango;
-não consuma a pele das aves, pois além de possuírem muita gordura, aumentam o valor calórico;
-consuma muita fibra e água para ajudar na eliminação do colesterol;
-inicie sempre pelas saladas para não exagerar nas carnes e acompanhamentos.
-evite as bebidas alcoólicas
-não abuse das sobremesas

Comente este artigo...