.:Rodas da Paz faz manifestação em solidariedade a ciclistas atropelados

Cerca de 50 ciclistas participam de um manifestação, na manhã desta quinta-feira (3/3), contra a impunidade nos crimes de trânsito. O protesto, que é uma iniciativa da ONG Rodas da Paz, acontece em solidariedade aos ciclistas que foram atropelados por um homem na última sexta-feira (25/2) em Porto Alegre durante uma bicicletada. O movimento teve início, a partir das 12h, com a concentração dos manifestantes na Praça das Bicicletas no Museu Nacional da República.

O grupo segue para o Congresso Nacional onde serão recebidos, por volta das 13h40, na rampa do local pelo senador Paulo Paim (PT/RS). Durante o encontro, eles devem protocolar um documento pedindo a discussão a respeitos dos ciclistas no trânsito na Comissão de Direitos Humanos do Senado.

Antes do encontro, os ciclistas caminham até o Congresso com o apoio de pessoas a pé, com patins e até skates. Eles estão com balões e três faixas de protesto, em um delas pôde-se ler a frase "Mais amor, menor motor". Os manifestantes também entregam panfletos informativos aos motoristas que passam pela Esplanada dos Ministérios. O folder explica que a bicicletada é um movimento que acontece toda última sexta-feira do mês em Porto Alegre e tem o objetivo de divulgar a bicicleta como meio de transporte eficiente e ecologicamente sustentável. Na bicicletada, os integrantes defendem que o transporte pode ser uma alternativa de mobilidade de larga escala, principalmente no meio urbano.

Após a reunião com Paulo Paim, o grupo vai terminar a manifestação seguindo até o Palácio do Buriti.

Comente este artigo...