.:Atropelamento Massa Critica

Motorista suspeito de atropelar ciclistas deve se apresentar, diz polícia

O motorista suspeito de atropelar ciclistas na noite desta sexta-feira (25), na esquina das ruas José do Patrocínio e Luiz Afonso, em Porto Alegre, deve se apresentar aos policiais da Delegacia de Delitos de Trânsito nesta segunda-feira (28). "O advogado nos ligou dizendo que representa o dono do carro e que era o proprietário que dirigia o carro no momento dos fatos. Ele nos disse que iria apresentar o cliente para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido", disse o delegado Gilberto Almeida Montenegro.

Nove pessoas foram levadas ao Hospital de Pronto Socorro da cidade. Todas foram liberadas sem ferimentos graves, segundo o hospital. O motorista fugiu do local sem prestar socorro. Inconformados, os ciclistas chegaram a fechar a avenida.

Mais de 100 ciclistas participavam do evento promovido pelo movimento Massa Crítica quando um carro entrou no meio do comboio derrubando dezenas de participantes. Para o grupo, que publicou em seu blog vídeos com depoimento dos ciclistas e imagens das bicicletas destruídas, o atropelamento foi considerado um crime e não um acidente. O momento do atropelamento foi registrado um ciclista (veja imagens abaixo) e divulgado no youtube.

Segundo a delegada Laura Rodrigues Lopes, a Brigada Militar localizou um automóvel Golf de cor preta abandonado cuja placa é a mesma identificada por testemunhas do atropelamento. Investigadores e policiais militares tentaram localizar o motorista, mas ele não foi localizado. "Já passou o período de prisão em flagrante, agora, nos resta ouvir os depoimentos e iniciar o inquérito policial. Tentamos localizar o motorista logo após o ocorrido, mas não conseguimos", disse Montenegro.

Ainda de acordo com ele, será preciso ouvir os dois lados da história para se chegar a uma conclusão sobre o fato. "Sabemos que não houve pedido de proteção para a Brigada Militar e nem para a Empresa Pública de Transporte e Circulação, o que poderia ter dado mais garantia de segurança aos ciclistas. Vivemos em uma democracia, mas há regras para isso."
O ciclista Carlos Eduardo de Carvalho Filho, conhecido como Cadu, disse que o passeio de bicicleta é realizado toda última sexta-feira de casa mês, em vários países. "Esse evento é feito em São Paulo, São Francisco, Nova Iorque e Londres, por exemplo. O objetivo é conscientizar a população de que o ciclista pode circular pelas ruas. As pessoas têm de entender que a bicicleta é um veículo."

Carvalho disse que será realizada uma reunião entre os ciclistas de Porto Alegre, neste domingo, para discutir uma possível mudança no modo de realização dos eventos com ciclistas na cidade. "O intuito da Massa Crítica é incentivar o uso da bicicleta, por isso não faz muito sentido pedir apoio de carros para proteger quem está de bicicleta. A partir do momento em que se coloca autoridades policiais e de trânsito apoiando uma manifestação de ciclistas, os motoristas estariam respeitando apenas essas autoridades e não a bicicleta. Vamos discutir a postura da Massa Crítica e avaliar se é necessário pedir apoio para esses eventos a partir de agora."

Comente este artigo...